Aumente seu conhecimento no mundo equestre
Junte-se a milhares de apaixonados por cavalos. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.


Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Equitação - arte ou ciência?

Para muitos, montar a cavalo é o simples ato de sentar a sela e sair cavalgando. Mas, na realidade, a equitação é a ciência que estuda os movimentos, as ações e reações e o equilíbrio do conjunto cavalo-cavaleiro. Ou também pode ser a arte de dirigir, conduzir, exercitar, utilizar o cavalo em todos os seus aspectos.

Pode-se definir equitação como a arte de bem montar, dirigir, conduzir, exercitar, utilizar o cavalo em todos os seus aspectos. Afirma-se, também, ser a ciência que estuda os movimentos, as ações, as reações, o equilíbrio do conjunto cavalo e cavaleiro. Então, equitação é arte ou ciência?

Há séculos, os grandes mestres vêm discutindo, apaixonadamente, a esse respeito, e, afinal, chegaram a um consenso. De maneira alguma a equitação é uma ciência exata. Quando nos dirigimos a um ser dotado de vontade própria, as teorias mais sábias, as técnicas mais perfeitas, ficam sujeitas ao sucesso ou ao fracasso de forma imprevisível.

A transformação das forças do cavalo por aquelas transmitidas do cavaleiro corresponde, todavia, mais a um toque "genial"; quer dizer, a arte do mestre sobrepõe à ciência, mas é através da ciência, do estudo da equitação, dos conhecimentos teóricos e práticos que o cavaleiro há de elevar-se à maestria. Assim, todo conhecimento científico adquire seu maior valor.

A equitação vem sendo estudada desde a mais remota antiguidade. Pode-se entender que, no principio, foi instintiva e empírica, e não há dúvidas de que foram inúmeros os ginetes que alcançaram assim suas vitórias. Mas toda a equitação instintiva tem seus limites e não se pode pretender alcançar as glórias desta arte, acessível tão somente àqueles que, acima de seu dom pessoal, possuem uma técnica enriquecida, constantemente, pela reflexão, estudo e prática.

Em resumo, conclui-se que a equitação é primeiro instintiva, logo depois, regularizada pelos conhecimentos teóricos, reforçados pela prática, para, então, culminar em uma síntese de ciência e arte, patrimônio dos cavaleiros que a ela se dedicam.

  Autor: Wilson Ricciuca Jr. Ito Fonte: Site Haras Mineral  

Conheça o Curso de Diagnóstico de Claudicação em Equinos

Esporte equestre

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.