Aumente seu conhecimento no mundo equestre
Junte-se a milhares de apaixonados por cavalos. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.


Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Baias para Cavalos

Instalações de boa qualidade são fundamental na criação de cavalos, que sejam rústicas ou simples, o importante é que proteja o animal das variações climáticas, frio, chuvas, calor excessivo, etc.

Os estábulos, como são chamados esse tipo de instalação, devem conter um cocho para concentrados e capins picados, além de um bebedouro. Essa cocheira poderá ser aberta ou fechada e ainda poderá ser dividida em baias, uma para cada animal.

Instalações dessa maneira são de grande importância para o bom desenvolvimento e a manutenção da saúde dos cavalos.

Hoje em dia sugere-se que o tamanho mínimo de baia seja de 3,6x 3,6. É na baia que os cavalos deverão ser cuidados e tratados mais diretamente por seus proprietários ou tratadores. As portas devem ser divididas de forma que os animais possam colocar sua cabeça para fora, aumentando sua liberdade dentro da baia.

Além de ser importante um tamanho ideal, ainda é fundamental que haja janelas para uma boa circulação do ar, que também ajudam para que os Animais tenham acesso à luz solar. É muito utilizado, para isso, telhas translúcidas na cobertura da cocheira, para mantê-la iluminada todo o dia. Durante à noite pode se utilizar a iluminação elétrica apenas durante a alimentação para que os tratadores possam enxergar, pois os cavalos enxergam muito bem durante a noite. Em alguns casos é  aconselhável se deixar as luzes acesas para espantar os morcegos "vampiros" que, além de "chuparem" o seu sangue, todos os dias, ainda podem transmitir-lhes a raiva.

Os cochos, usados na alimentação, são os mais indicados, pois os animais conseguem comer todo o alimento que lhe foi destinado, o sugerido é que tenham 80 cm de comprimento, 35 cm de largura e 50-60 cm de altura, com uma profundidade de 20 cm, sendo instalado na parede oposta a porta da cocheira.

Para água, é comum se utilizar um cocho único, com suprimento de água constante e renovável, que atenda a mais de uma baia. Existem, também, os chamados cochos automáticos, bastante práticos. Os cochos devem ser de fácil limpeza e desinfecção, evitando-se a proliferação de fungos, principalmente. Para tal, eles devem ser removíveis e limpos constantemente. Para uma boa higiene dentro das baias, os criadores podem utilizar desde o piso de cimento recoberto com serragem ou maravalha, até pisos sintéticos, de borracha ou materiais plásticos. O importante é que o piso utilizado seja de fácil limpeza e desinfecção impedindo a proliferação de bactérias e fungos. O piso de terra, é o menos aconselhável pois apresenta maior probabilidade de contaminação dos animais.

Fonte:Rural News

Adaptação: Escola do Cavalo

Conheça o Curso de Primeiros Socorros em Equinos

Veja outras publicações da Escola do Cavalo: Alimentação alternativa para Equinos Saiba como diagnosticar e tratar as endometrites em equinos Como proceder na escolha e compra de cavalos

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)
Veja também

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.