Como construir as melhores baias para cavalos

Print Friendly Version of this pageImprimir Get a PDF version of this webpagePDF

Você conhece as técnicas de primeiros socorros realizadas em equinos? Saiba mais! Clique aqui e confira!

Os equinos necessitam de tratamento especial quando se trata de seu bem-estar no dia-a-dia. No tocante às baias, deve-se dedicar atenção especial.

Quando se constroem as baias, o que importa não é o material a ser utilizado, existem outros aspectos a serem considerados. Nesse caso, a aparência vale menos. Tamanho adequado, ventilação adaptada ao clima, conforto específico e visualização são os quesitos fundamentais.

O conforto e sanidade dos equinos devem ser levados em consideração, quando se determinam as dimensões da baia. Devem ter, no mínimo, 3m x 4m, sendo que o ideal é que ela meça 16m², isto é, 4m x 4m. Isso proporciona ao animal a liberdade de movimentos, de modo mais saudável. Baias menores do que essas dimensões podem levar o cavalo ao estresse, comprometendo seu desempenho nas atividades a que ele é destinado.

Os cochos, tanto de comida quanto de água, devem ser altos, em torno de 30 a 60cm do chão, e ter a profundidade mínima de 20cm, para fácil acesso, apesar de  os veterinários, hoje, recomendarem cochos mais baixos, ao nível do chão, pois permitem um alongamento maior do pescoço e costas do animal, reproduzindo, assim, seus movimentos naturais, como se estivessem em liberdade.

Independentemente da altura, os cochos precisam ser limpos diariamente. A falta dessa higienização constante pode gerar problemas gástricos, decorrentes de contaminação por fungos, muito comuns em equinos. A água deve ser oferecida de forma constante e renovável, atendendo a mais de uma baia, sempre em abundância. Existem os chamados cochos automáticos que, além de otimizar esse trabalho, são, também, muito práticos.

A limpeza e desinfecção do piso são igualmente primordiais nas baias. Há vários tipos a serem utilizados, desde o piso de cimento recoberto com serragem ou maravalha, até pisos sintéticos, de borracha ou materiais plásticos. Deve receber uma cama bem macia e absorvente, para a higiene e repouso dos animais. Esses cuidados vão contribuir para não proliferarem, ali, fungos e bactérias. Não se aconselha o piso de terra, pois é o que mais contribui para a contaminação.

A ventilação exerce um papel fundamental nessa construção. O ar precisa circular de maneira uniforme, com sistema de exaustores, de preferência, principalmente se a baia for coberta com telhas de fibro-amianto, um tipo de cobertura muito quente.

A porta deve conter dois segmentos, um superior outro inferior, facilitando ao animal a colocar sua cabeça para fora, e, aumentando, assim, a ventilação no interior dos boxes. O cavalo é um animal por natureza sociável, por isso, deve-se deixar que uns vejam os outros, através de grades ou telas, entre as baias. Esse procedimento acalma os animais.

Claraboias, ou seja, telhas translúcidas, devem ser utilizadas na iluminação, que precisa ser natural. A iluminação elétrica só deve ser usada à noite, quando da alimentação dos animais, a facilitar para os tratadores. Cavalos enxergam muito bem com pouca luminosidade.

Considera-se o melhor tipo de baia a de alvenaria, desde que construída adequadamente. Sua beleza estética não deve se sobrepor à qualidade de vida do animal.

 

Por: Manuela Merico

Fonte: Livro Mundo Equestre

Adaptação: Escola do Cavalo

 

Conheça o Curso de Primeiros Socorros em Equinos

Veja outras publicações da Escola do Cavalo:

Instalações para Equinos

Saiba porque os cavalos precisam ingerir sal

Equoterapia tem projeto de lei aprovado

 

Quer ficar informado? Cadastre-se e receba nossas novidades diariamente!

Digite seu endereço de e-mail:

Veja Também

Comentários

1 Comment for “Como construir as melhores baias para cavalos”

  1. CLANDEI RIBEIRO DA SILVA DEMETRIO CONRRADO

    achei interessante sua informação amo cavalos mas moro em um apartamento e não posso ter um.

Deixe seu comentário

Receba nossas novidades!

Digite seu e-mail:

Curta nossa página


Tire suas dúvidas Preencha os campos abaixo