Aumente seu conhecimento no mundo equestre
Junte-se a milhares de apaixonados por cavalos. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.


Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Cuidados essenciais com o arreamento de cavalos

Cuidar adequadamente do arreamento interfere no valor total do arreamento, que se soma ao valor dos trajes de equitação. Isso representa em torno de um terço do preço médio pago por um cavalo de passeio. Esses cuidados envolvem, também, o fator segurança, porque alguns acidentes a cavalo acontecem pela negligência em relação aos cuidados básicos com o arreamento.

Existem vários fatores que afetam a durabilidade do arreamento, como: frequência e intensidade da atividade equestre, a própria qualidade do acabamento e do material, o ajuste correto, os cuidados regulares. Contudo, vale lembrar que somente a qualidade não é proteção contra a negligência. Mesmo que o arreamento não esteja em uso, deve ser rotineiramente tratado.

Em muitos haras não há um local apropriado para guardar o arreamento. No chão, há a influência nociva da umidade, sujeira e dos ratos que preferem materiais feitos em couro. Outra situação é no transporte e durante as exposições e competições, ocasiões em que o arreamento mais sofre danos.

Caso o uso da sela seja intenso, pelo menos uma vez por semana ela deve ser lavada com água morna e sabão neutro, para remoção do suor e sujeiras. Em seguida, deve-se tratar o couro com óleo apropriado (preferencialmente de origem animal), a fim de reincorporar substâncias naturais e prevenir o ressecamento. Mas é necessário cuidado e evitar o excesso de óleo, para não enfraquecer o couro. É importante conservar as mantas, que sofrem um rápido desgaste pelo suor e atrito. É essencial que sejam viradas ao sol, imediatamente após o trabalho de sela, para a secagem rápida.

Periodicamente, elas devem ser lavadas, retirando-se o acúmulo de suor e sujeiras. As manta feitas de couro de cabrito são mais resistentes. Seu uso sob a manta convencional evita o contato direto do suor com a manta principal, prolongando sua durabilidade.

    Fonte: Portal de Cavalo Marchador Adaptação: Escola do Cavalo  

Conheça o Curso de Diagnóstico de Claudicação em Equinos

  Veja outras publicações da Escola do Cavalo: Cabresto - Saiba como usar Para um bom adestramento usamos a palavra chave - Flexão Transporte de equinos - cuidados necessários    

Esporte equestre

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.