Aumente seu conhecimento no mundo equestre
Junte-se a milhares de apaixonados por cavalos. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.


Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Parque onde há cavalos com suspeita de mormo é interditado em Araguari

Um cavalo e duas éguas foram diagnosticados com mormo, doença bacteriana que pode ser transmitida ao ser humano, podendo até levar a morte. Os animais estão no parque de Exposições do Sindicado Rural de Araguari, no Triângulo Mineiro. Além desses três animais, existem outros 95 equinos que estão em quarentena e aguardam por exames.

A doença foi descoberta quando, há 20 dias, os cavalos foram submetidos ao exame da doença -exigido pelo Ministério da Agricultura- para participar de uma competição fora da cidade. A doença de mormo foi diagnosticada e o IMA (Instituto Mineiro de Agropecuária) exigiu a interdição do parque, impedindo a saída e entrada de qualquer animal.

Nesses casos, a medida a ser tomada é a execução dos eqüinos diagnosticados com a doença. Segundo o coordenador do IMA, Luis Carlos de Oliveira, o procedimento já esta sendo providenciado.Essa decisão acaba por contrariar o dono de um dos animais, que afirma que um terceiro exame foi realizado e não apresentou positivo para o mormo.

O caso foi levado à Justiça pelos proprietários, que conseguiram uma liminar suspendendo a ação de sacrifício dos animais. Rafael Souza Passos, um dos proprietários espera justiça: "Quero ter uma prova concreta a respeito disso. Se estiver doente, pode matar. Mas se não estiver, será uma injustiça muito grande tanto para o animal, quanto para mim em valor sentimental e financeiro".

O dentista é proprietário da égua e garante que ela não apresenta mormo. Ele acredita que ela não tem a doença por não ter sintomas e nem contato com animais contaminados pelo mormo, já que é uma doença que não é disseminada na região.

Os cavalos que também apresentaram sinais positivos permanecem isolados para refazerem o teste de maleína pela terceira vez. No caso positivo, será necessária a realização do teste para comprovar a doença de mormo.

Fonte: G1

Adaptação: Escola do Cavalo

Conheça o Curso de Primeiros Socorros em Equinos!

Veja outras publicações da Escola do Cavalo:

Quais as consequências da Síndrome Metabólica Equina? Caso de mormo no RJ ameaça realização de eventos agropecuários Entendendo a anatomia e a fisiologia reprodutiva do garanhão equino                

Luvas de Latex Supermax para Procedimento Tamanho G

De: R$ 26,90

Por: R$ 18,90

Clínica e Saúde

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.