Aumente seu conhecimento no mundo equestre
Junte-se a milhares de apaixonados por cavalos. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.


Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Carbúnculo Hemático em equinos

Carbúnculo Hemático, conhecido também como antraz, anthrax, febre esplênica, é uma patologia que atinge os grandes e médios animais, geralmente mortal, observada também em humanos.

Os equinos sofrem menos com esta doença que os demais animais, principalmente ruminantes, que detêm a maioria dos casos.

É causada por um micróbio, o Bacillus anthracis, presente principalmente em locais onde já ocorreu a doença, visto a permanência dos esporos que transmite a patologia. A dispersão desses esporos ocorre, em geral, pelo manejo incorreto de cadáveres de equinos carbunculosos enterrados no campo, que sem o devido cuidado são trazidos à superfície pelas minhocas. As fezes e sangue dos animais doentes que estiverem na pastagem estão infectados.

É mais comumente observado em animais à pasto, mas, pode surgir em estábulos por feno contaminado adquirido em áreas onde ela ocorre.

Locais pantanosos e áreas com muita matéria orgânica em decomposição, são depósitos ideias dos esporos, podendo viver por tempo prolongado, durante anos. Porém, os bacilos são pouco resistentes ao calor e à dessecação.

Dentre os sintomas observados nos equinos, destaca-se: cólicas fortes, edema do peito, pescoço e da região faringeana. Além de depressão, febre alta, dispnéia, edemas subcultâneos no tórax e no pescoço, cólicas, faringite, hemorragia nasal e manqueira.

Mortes fulminantes ocorrem em 24 e 48 horas e os cadáveres incham rapidamente, observando hemorragias pelas aberturas naturais de sangue de aspecto escuro e difícil coagulação.

O método profilático mais comum é a vacinação. A escolha do produto deve ser feita por um médico veterinário, pois depende da região e situação que se apresenta. A imunização requer 20 a 30 dias.

Em propriedade que apresentaram casos, os animais devem ser vacinados no mês de agosto, pois geralmente o carbúnculo aparece em outubro.

Fonte: Saúde Animal

Adaptação: Escola do Cavalo

       

Conheça o Curso de Anestesia em Equinos a Campo

                            Veja outras publicações da Escola do Cavalo: Surto de gripe equina no Distrito Federal Capacidade reprodutiva do Garanhão Equino Professor do CPT Cursos Presenciais fala sobre Reprodução em Equinos

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)
Veja também

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.