Aumente seu conhecimento no mundo equestre
Junte-se a milhares de apaixonados por cavalos. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.


Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Artrite infecciosa em Equinos

A artrite séptica pode ser definida simplesmente como a inflamação de uma articulação. É um termo inespecífico e não descreve a natureza das várias entidades específicas que afetam as articulações dos equinos.

As infecções ortopédicas são um problema clínico mais sério nos equinos que em relação a outras espécies, devido ao fato de suas consequências induzirem a uma claudicação permanente e resultarem em inutilidade do cavalo ou até à sua morte.

A artrite séptica é o problema mais grave observado na articulação dos equinos. Ela pode resultar em uma rápida destruição da articulação e da cartilagem articular, e quando na presença de osteomielite, pode haver uma perda irreversível de a superfície articular.

A artrite séptica é uma doença progressiva e erosiva das articulações, que leva o animal a uma claudicação severa, e requer um tratamento intenso e prolongado.

A infecção articular em equinos é frequentemente resultado de infecção sinovial através de feridas, circulação hematológica, ou de forma iatrogênica após injeção intra-articular ou intervenções cirúrgicas (ORSINI, 2006).

Os sinais clínicos da artrite são: claudicação intensa, efusão somada a espessamento, edema e dor na manipulação. Para realizar o diagnóstico de artrite infecciosa, deve-se obter o histórico completo do animal e realizar o exame físico do desempenho em todos os cavalos com suspeita desta enfermidade e fazer a análise do liquido sinoval.

O tratamento da artrite séptica tem como objetivo eliminar o microrganismo causador da doença, remover os produtos insalubres da inflamação sinovial e a fibrina que podem danificar a cartilagem articular (STASHAK, T. S., 2006).

Recomenda-se terapia com antibiótico sistêmico, sendo penicilina e gentamicina (Gentomicin-Syntec) associadas, cefalosporinas, amicacina e associações de sulfa com trimetropin são os mais utilizados.

 Por via intra-articular a Gentamicina (Gentomicin-Syntec) e amicacina são os antibióticos utilizados. A Gentamicina oferece vantagens pelo fato de atingir alta concentração sinovial com doses baixas, sem induzir significante sinovite.

A lavagem e drenagem da articulação são importantes no tratamento da artrite infecciosa para remoção de enzimas nocivas, fibrina e células inflamatórias que degradam a cartilagem articular.

 Autora: Daniela Soloman, Médica Veterinária

Fonte: http://www.diadecampo.com.br

Adaptação: Escola do Cavalo

Curso de Primeiros Socorros em Equinos

          Veja outras publicações da Escola do Cavalo: Saiba como escolher a raça de cavalo ideal para você Você sabe o que é Trypanosoma Evansi em equinos? Surto de gripe equina no Distrito Federal

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)
Veja também

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.