Aumente seu conhecimento no mundo equestre
Junte-se a milhares de apaixonados por cavalos. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.


Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Cavalo quarto de milha tem agilidade e velocidade o que torna mais rápido em distâncias curtas

O cavalo da raça quarto de milha é considerado o cavalo mais rápido em distâncias curtas. O animal possuem opções de pelagem para todos os gostos. A associação brasileira dos criadores da raça aceita 12 pelagens diferentes para liberação do registro. A alazã é uma das mais comuns e a rosilho é uma das mais desejadas no momento, por ser um pouco mais rara.

As principais características do cavalo quarto de milha são: a velocidade, a capacidade de fazer paradas bruscas e partidas rápidas e ainda uma enorme habilidade de girar em torno do próprio eixo. De acordo com o criador Lincoln Costa Ferreira, o próprio nome da raça já diz muito sobre o cavalo. O nome foi fundamentado pelo fato de que o cavalo era o mais veloz em um quarto de milha, ou seja, na distância de 402 metros.

A raça quarto de milha foi a primeira a ser desenvolvida na América, tendo surgido nos Estados Unidos, por volta do ano de 1600. No Brasil, a raça chegou em 1955 e hoje o plantel é de 360 mil animais, espalhados por todos os Estados do país. Andamento trotado, musculatura bem desenvolvida, garupa longa, orelhas pequenas e olhos grandes e bem afastados são características que se destacam.

A família de Ferreira cria cavalos da raça quarto de milha, há 20 anos no município de Uberaba, no Triângulo Mineiro. Os animais foram escolhidos pela facilidade de encontrar a raça no mercado. "É um cavalo mais constante e a procura dele é superior às demais raças", explica o criador.

O cavalo quarto de milha é utilizado principalmente em competições esportivas. Em provas funcionais, que mostram a capacidade que o animal tem para o trabalho, e também para corridas, para que se explore toda a velocidade que ele pode atingir.

Para se evitar lesões todos os cuidados devem ser tomados. O cavalo quarto de milha é muito habilidoso, que até parece que o animal faz tudo sozinho. Com os anteriores flexionados, eles parecem dançar na frente do garrote para cercá-lo. Tudo isso é resultado das características próprias da raça, aliadas a muito treinamento.

Ferreiro afirma "nós buscamos hoje animais dentro das pistas, animais versáteis, rápidos, que nos proporcionam laçar um boi em quatro a seis segundos, fechar de três a quatro bois no team pening em treze, quatorze ou quinze segundos. Para isso, além da velocidade e da versatilidade, precisamos de um cavalo que tenha potencial de manobra muito grande, de explosão muito grande".

Para um bom desempenho e sucesso nas competições é preciso ter além da agilidade, uma harmonia muito grande entre homem e animal, a docilidade do quarto de milha possibilita essa aproximação.

Ferreira faz uma observação "às vezes nós viajamos com um garanhão ao lado das éguas e nós percebemos que os garanhões das demais raças, são bravos, nervosos. Mas o cavalo quarto de milha é docilidade, é explosão, é força, e por isso é ele faz todo esse sucesso".

Fonte: Pecuária Rural

Adaptação: Escola do Cavalo

 

 

Conheça o Cursos de Palpação Transretal e Ultrassonografia na Reprodução Equina

 

 

 

 

Veja outras publicações da Escola do Cavalo: Saiba mais sobre a Ovulação de Éguas Você sabe o que é Trypanosoma Evansi em equinos? Claudicação equina: o que fazer para evitar?

Raças

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.