Aumente seu conhecimento no mundo equestre
Junte-se a milhares de apaixonados por cavalos. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.


Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Problemas de dentição dos equinos

Os problemas odontológicos em equinos são bastante comuns, trazendo prejuízos aos animais não apenas por possíveis incômodos dentários e bucais, mas consequências diretas com sua alimentação, podendo afetar o rendimento físico devido à má nutrição.

Acionar um profissional veterinário capacitado para diagnosticar e tratar questões odontológicas é a melhor decisão a fim de preservar a saúde do equino.

Destacamos dois problemas comumente observados.

Cauda de Andorinha

É um problema que aparece quando o equino alcança idade próxima de 7 anos e/ou 13 anos. Consiste em uma aresta que se forma nos cantos incisivos da arcaria dentária, ocasionado pelo desgaste do dente na sua parte mais central, deixando uma aparência de "bico" na ponta mais afastada dos pinças.

Durante o intervalo de vida que pode aparecer o problema, atentar-se as fezes do animal é fundamental, observando se a situação dentária lhe permite triturar e esmagar bem os alimentos, o que é vital para evitar problemas graves como cólicas. Monitorar, também, se o animal diminuiu a quantidade de alimento ingerido.

Dente de Lobo

O Dente de Lobo é um dente que cresce em alguns equinos, principalmente fêmeas e de algumas raças específicas, localizando ao lado do primeiro pré-molar, na barra em que funcionam as embocaduras.

Sua detecção é simples, ou por visualizá-lo, ou quando o animal dá indícios de sua presença, que devido à dor, se recusa a receber o ferro na boca e a trabalhar, podendo ter reações agressivas.

Para evitar que estes casos atinjam tais proporções, o melhor método é proceder à remoção do Dente de Lobo o mais cedo que o mesmo se manifestar.

Fonte: Saúde Animal

Adaptação: Escola do Cavalo

   

Conheça o Curso de Odontologia Equina

            Veja outras publicações da Escola do Cavalo: Marmelada de cavalo: por que usar essa gramínea forrageira? Odontologia em equinos, uma área que necessita cada vez mais de profissionais Simpósio Internacional de Doenças Infecciosas, Genéticas e Metabólicas dos Equídeos (Sindeq)

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)
Veja também

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.