Aumente seu conhecimento no mundo equestre
Junte-se a milhares de apaixonados por cavalos. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.


Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Baias para cavalos - Bem-estar equino e cuidados na construção das baias

Para o bem-estar equino é preciso ter cuidados na construção das baias, devendo conter quatro requisitos básicos: tamanho adequado, ventilação adequada ao clima, conforto específico ao animal e visualização de outros animais.

O tamanho ideal é de 16 m²(4 x 4m), o mínimo pode ser de 3 x 4m. Com essas dimensões o animal pode se movimentar com liberdade, menores os animais ficarão desconfortáveis podendo ficar estressados, levando ao mal rendimento. Os cochos para alimentação podem ser colocados a uma altura de 30 a 60 cm e ter 20 cm de profundidade, para que os cavalos tenham fácil acesso. Porém, hoje os mais recomendados pelos médicos veterinários são os cochos feitos no nível do chão pois, permite que o animal reproduza o movimento natural de seu corpo enquanto come ou bebe água, alongando o pescoço e as costas, como se estivessem liberdade. A água deve ser constante e sempre renovada. Cuidados que a sanidade do lugar evita contaminação por fungos, que podem causar doenças gástricas. O piso pode ser de cimento recoberto com serragem ou maravalha, ou pisos sintéticos, de borracha ou materiais plásticos. É muito importante que ele seja recoberto por uma cama macia e absorvente, de forma que o animal tenha condições mínimas de higiene e repouso. A limpeza também é essencial, evitando contaminações.

A circulação do ar pode ser feita por janelas ou mesmo um sistema de circulação de ar, como exaustores. Os equinos são animais sociáveis, não gostam de ficar isolado por isso é necessários que, a porta da cocheira seja dividida em dois segmentos que se abrem de maneira independente: a metade superior e a metade inferior da porta. O contato visual com o ambiente externo e outros animais também pode ser feito por janelas e grades.

Para a iluminação, o melhor tipo é a natural. A artificial só deverá ser utilizada à noite quando os tratadores forem alimentar os animais, os equinos enxergam bem com pouca luminosidade.

Fonte: Mundo Equestre

Adaptação: Escola do Cavalo

Conheça os Cursos de Inseminação Artificial em Éguas e Coleta, Avaliação e Criopreservação de Sêmen em Garanhão

Veja outras publicações da Escola do Cavalo: Odontologia em equinos, uma área que necessita cada vez mais de profissionais Garrotilho tem cura? Como cuidar do cavalo e economizar      

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)
Veja também

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.