Aumente seu conhecimento no mundo equestre
Junte-se a milhares de apaixonados por cavalos. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.


Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Através das observações da arcada dentária é possível determinar a idade do cavalo

Em idade adulta os cavalos possuem 40 dentes, já as éguas têm 36 dentes. A distribuições dos dentes são: 12 incisivos, 6 superiores, 4 caninos sendo que estes não presentes nas fêmeas, 24 molares distribuídos igualmente nas duas arcadas.

 Na primeira dentição, a de leite, primeiro nasce as pinças com poucos dias após o parto, ou antes do parto, depois nascem os médios entre quatro e seis semanas e os cantos entre seis e oito meses.

O potro tem apenas 24 dentes, sendo 12 incisivos e 12 molares. A dentição de leite vai até os dois anos e meio de idade, e começam a serem trocados na mesma ordem em que nasceram. Logo após o aparecimento da dentição definitiva, que acontece por volta dos cinco anos de idade, o cavalo é considerado um animal adulto.

Os dentes apresentam forma recurva e a raiz torna-se estreita e oblíqua, na fase dos dentes definitivos. Na extremidade da parte livre existe um orifício, o corneto dentário, que vai desaparecendo com o passar do tempo. Depois surge uma pequena mancha castanha, chamada estrela radicular. Com seis anos, as pinças do maxilar inferior já são usadas o esmalte aparece e a mesa dentaria, ou seja, a extremidade da parte livre tem forma ovulada. Assim, com oito anos os cantos inferiores e todos os incisivos estão lisos e ovulados.

Com nove anos e idade, as pinças superiores estarão lisas e ovuladas e aos dez anos os médios apresentaram as mesmas características. Já aos onze anos são os cantos superiores que ficarão lisos e ovulados.

Quando o animal completar doze anos, o esmalte começa a alterar exibindo a estrela dentaria, com as pinças arredondadas. Aos treze anos, os médios inferiores e as pinças ficam arredondadas. Aos quatorze anos, há apenas a estrela radicular em todos os incisivos inferiores e todos os dentes estão arredondados.

Nas pinças superiores há apenas a estrela radicular, aos quinze anos. Já os médios superiores contam apenas com a estrela radicular aos dezesseis anos de idade. Assim, quando o cavalo completar dezessete anos, todos os incisivos superiores exibirão a estrela radicular e todos estarão arredondados.

Através das observações da arcada dentária dos animais, observando os desgastes dos dentes, é possível determinar a idade do animal.

 

Qual a importância da odontologia na equideocultura?

Como realizar um exame odontológico?

Quais materiais necessários para procedimentos odontológicos?

 

Fonte: Marcos Cowboy

Adaptação: Escola do Cavalo

 

 

Conheça o Curso de Odontologia Equina

Clínica e Saúde

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.