Aumente seu conhecimento no mundo equestre
Junte-se a milhares de apaixonados por cavalos. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.


Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Saiba como alimentar seu cavalo

alimentação equinaO intestino do cavalo é bastante desenvolvido e especializado na digestão de fibras, que digeridas se transformam em nutrientes como energia e vitaminas. O cavalo tem hábitos alimentares habituados a refeições pequenas e frequentes.

Hoje muitos desses animais passaram a viver em baias de confinamento, mas a sua natureza é estar livre em busca de pastos melhores. Assim, a sua exigência nutricional se caracteriza por: exigência de mantença e exigência para as atividades físicas, que devem ser seguidas com o objetivo de manter o peso, condição corporal e boa saúde.

Para evitar problemas no trato intestinal do animal é necessário fornecer alimento de qualidade e fracionado em no mínimo duas vezes ao dia e lembrando que os comedouros devem ser limpos das sobras da porção oferecida anteriormente. Outro nutriente de suma importância é a água maior componente da massa corporal do equino (60%), e é também na manutenção das funções vitais, a sua falta pode levar o cavalo à morte bem mais depressa que a falta de pasto, feno, ração ou sal mineral. Deste modo, a água deve ser oferecida limpa e fresca e nunca fornecer água imediatamente após o exercício físico. Primeiro o cavalo deve voltar à sua condição de descanso para poder consumir água à vontade.

Os nutrientes oferecidos devem ser de boa qualidade. Os grãos são fonte de energia, a forragem seca e a verde garantem a nutrição e sal mineralizado completa a dieta mineral. Para a ração a mais correta para o cavalo é aquela que atende às exigências da categoria animal a que ele pertence.

A alimentação do cavalo deve ser oferecida no mínimo duas vezes ao dia; consistente na quantidade e no tipo de alimento fornecido; acesso facilitado ao sal mineralizado; água limpa e fresca à vontade em bebedouros limpos; esquema de vermifugação eficiente; checagem periódica dos dentes; monitoração da condição corporal regularmente; exercício regular e contínuo; nunca forneça água ao animal exercitado (ainda quente) e sempre observar os aspectos fisiológicos.

Portanto, seu cavalo estará sempre bem nutrido se a qualidade dos alimentos for a melhor possível e se estes alimentos forem fornecidos na quantidade mínima necessária seguindo as regras básicas da boa nutrição.

Fonte: Vida no campo online

Adaptação: Escola do Cavalo

Conheça o Curso de Manejo Nutricional de Equinos ( Alimentos e Alimentação)

manejo nutricional Equinos

  Veja outras publicações da Escola do Cavalo:  Baias para cavalos e os aspectos que devem ser considerados O tétano em equinos Puro sangue inglês

mesa-aquecedoraMesa Aquecedora

Por: R$ 690,00

BANNER SHOPVETERINARIO

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)
Veja também

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.