Aumente seu conhecimento no mundo equestre
Junte-se a milhares de apaixonados por cavalos. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.


Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Ferrageamento de equinos

Para colocar a ferradura em cavalos normais é necessário sobrar cerca de 50% da largura do ferro utilizado atrás do talão. Em alguns, isso não é possível, mas é preciso deixar um apoio para o talão. A ferradura deve sobrar para fora do casco, do ponto mais largo para trás, devido à expansão do casco.

Para realizar o alinhamento dos cravos a primeira opção é dividir a altura da pinça e tação em três, e seguir uma linha inclinando para cima, com os cravos da pinça mais altos, e dos quartos mais baixos. A segunda opção é dividir o talão em três, e seguir uma linha reta para frente, com todos os cravos na mesma altura.

O posicionamento deve levar em consideração à necessidade dos talões se movimentarem, devendo ser evitado a colocação de cravos para trás do ponto mais largo do casco.

Nenhum animal tem o casco naturalmente plano, o qual resiste o movimento de ir para frente. A prevenção do movimento natural é resistir ao movimento de ir para frente, pois é o começo da manqueira. Para evitar esses problemas é preciso realizar o casqueamento e a ferração dos animais, pois essas técnicas aliviam o estresse da pata.

Quando o animal é ferrado corretamente, o casco cresce normalmente e certo. Quando a ferração não acontece de maneira adequada, ou quando não é feito o animal pode apresentar alguns problemas, como tropeçar; não ser propenso ao trabalho; apresenta más atitudes com as pessoas; move a calda excessivamente; mantém um pé na ponta, enquanto descansa; fica com as mãos estendidas para frente; troca constantemente o peso de uma mão para outra; tem cascos compridos e ovalados; tem talões contraídos; tem um pé maior que o outro; apresenta linhas de estresse em volta do casco; os cascos são desnivelados, apresentando saliências; apresenta deformação na coroa.

Para manter a saúde dos animais é preciso que se faça o manejo adequado, casquear e ferrar os animais frequentemente, de acordo com orientação do médico veterinário ou do ferrador de sua confiança.

 

Fonte: Criar e Plantar

 

Fique atualizado em assuntos regulatórios de alimentação animal. Clique aqui.

Equitação para adestramento básico. Veja aqui.

 

 

Destaque

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.