Aumente seu conhecimento no mundo equestre
Junte-se a milhares de apaixonados por cavalos. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.


Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Carcinoma de células escamosas em equinos

Uma doença que deteriora o tecido epitelial de equinos de distintas idades e raças, o carcinoma de células escamosas (CCE) se caracteriza como um tumor maligno.

A doença se desenvolve em animais que estão sempre expostas a luz ultravioleta, que contém pouca pelagem ou falta de pigmento na epiderme.  Os primeiros sinais clínicos da doença são a perda de pêlos ou menor quantidade dos mesmos nos locais afetados.

Erupções na região dos olhos (pálpebras) é, geralmente, o primeiro local visível da doença, embora lesões no focinho, dentre outros órgãos também possam ser detectadas. Com o tempo, as ulceras podem aumentar de tamanho, causando maiores infecções por conta da presença de bactérias.

As metástases deste tumor são raras, registradas somente em casos bastante avançados.  Porém podem atingir a corrente sanguínea.

O diagnóstico da doença é realizado por meio de análises clínicas do material coletado (biópsia).  Já o tratamento passa pela retirada da lesão, via cirurgia, sendo que o sucesso da mesma dependerá da realização o quanto antes.

 

Para sucesso em cirurgias aplicadas nesses casos, conta-se com o auxilio da anestesia e profissionais capacitados no assunto. Saiba mais.

Fonte: MilkPoint

Áreas

Clínica e Saúde

Notícias

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.