Aumente seu conhecimento no mundo equestre

Junte-se a milhares de apaixonados por cavalos. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Leptospirose Equina

A Leptospirose Equina é uma doença causada por bactérias. Neste caso, as éguas portadoras da doença podem transmitir aos potros, por meio da placenta, ocasionando também nascimentos pré-maturos e, quase sempre, abortos.

A doença pode ser transmitida em contato direto com o animal infectado, ou via urina e água, sendo os roedores um dos principais intermediários e difusores da doença.

Outros sintomas verificados nos animais são baixo desempenho, por conta do cansaço excessivo, e até mesmo perda da visão.

O diagnóstico ocorre por meio de informações sobre surtos nas determinadas regiões, bem como os sintomas e sinais apresentados pelos animais.

Pode-se ainda confirmar a doença através de analises de laboratórios. O melhor método de controle da doença é através da eliminação de roedores e higienização dos locais onde ficam os animais.

Já o tratamento, para surtir efeito, deve ser realizado o quanto antes e é a base de medicamentos, sendo que toda a prescrição e atendimento relacionado a estes casos deve ser realizado por um profissional da medicina veterinária.

Saiba quais os procedimentos adequados podem ser adotados até a chegada de um profissional veterinário para maiores conclusões. Confira.

Fonte: Informativo Equestre

Áreas

Clínica e Saúde

Notícias

Nutrição

Pastagens

Produção

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2017 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.