Aumente seu conhecimento no mundo equestre

Junte-se a milhares de apaixonados por cavalos. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Você sabe identificar os comportamentos estereotipados em cavalos?

Comportamentos estereotipados? O que é? Como se identifica? O que causa? Como prevenir?

Se você é proprietário, criador ou profissional que atua com equinos, principalmente se for mais experiente, já deve ter se deparado em algum momento de sua vida com animais com comportamentos estranhos e fora do padrão.

Situações estranhas e desagradáveis, que podem variar bastante, acontecem quase sempre com animais criados em estábulos e com pouco contato com o mundo externo.

Principais sinais dos comportamentos estereotipados

Esses comportamentos podem apresentar diversos sinais e cada animal apresenta um grau maior ou menor em relação a cada um deles:

- agitação;

- engolir o ar (aerofagia);

- roer a madeira das cocheiras;

- andar em círculos (movimentos repetitivos);

- comer as próprias fezes (coprofagia);

- animais que parecem estar dançando ou caminhando sem parar dentro das baias.

Motivo do desenvolvimento dos comportamentos estranhos

Grande parte destes comportamentos, tecnicamente chamados de comportamentos estereotipados, tem como causa principal o estresse, que ocorre não apenas pelo excesso de atividades, a qual nós humanos estamos acostumamos a interpretar, mas, no caso dos animais, pelo tempo ocioso durante longas horas do dia, nos estábulos, às vezes de frente para a parede, em locais sem janelas, e sem nenhuma forma de se entreter.

O estresse é responsável por desencadear inúmeros efeitos colaterais no organismo animal, fazendo com que ele apresente um quadro clínico indesejado.

Mudança comportamental e enfermidades desenvolvidas

Estas condições são altamente perniciosas para os cavalos, que passam a ter as suas estruturas metabólicas e hormonais alteradas, gerando uma série de problemas e efeitos colaterais, por conta destes vícios repetitivos, como:

- depressão;

- anemia;

- queda no desempenho;

- desgaste dentário (no caso dos que comem madeira);

- cólica (por conta da aerofagia).

Técnicas de prevenção aos comportamentos estereotipados

A prevenção é a melhor maneira de se evitar estes distúrbios, jamais deixe um animal muitas horas dentro de um estábulo.

O contato diário do animal com outros animais, passeios periódicos ao ar livre sempre que possível durante o dia, enfim, um mínimo de ocupação, como forma de distraí-lo e entretê-lo, só irá gerar benefícios.

Quer dicas de como cuidar bem da saúde dos equinos e saber quais medidas podem ser adotadas nas mais corriqueiras situações a campo?

Confira: Primeiros socorros em equinos e atualize seu conhecimento.

Ah! Quer ficar mais por dentro das informações sobre o mundo equestre?

Então não deixe de conferir esse mega conteúdo: Garrotilho equino e dicas especiais

 

Administração de haras

Áreas

Artigos

Clínica e Saúde

Curiosidades

Cursos

Destaque

Doma

Esporte equestre

Notícias

Parceiros

Pastagens

Produção

Raças

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.