Aumente seu conhecimento no mundo equestre

Junte-se a milhares de apaixonados por cavalos. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Garrotilho equino: Você já ouviu falar? Sabe os principais sinais? E como evitar?

Garrotilho equino é uma enfermidade muito comum em várias criações pelo mundo e essas perguntas acima são muitas vezes as principais feitas por criadores e proprietários de equinos.

O garrotilho é também conhecido como adenite equina, doença responsável pela inflamação do sistema respiratório.

Esse problema é causado pela bactéria Streptococcus equi.que é transmitida pela via oral e nasal ou pelo contato direto e indireto com animais e objetos infectados.

A principal característica da doença está ligada aos abcessos nos linfonodos que são apresentados na região do pescoço (submandibular) do animal.

Principais sinais do garrotilho equino

Os sinais normalmente são apresentados 10 a 15 dias após a infecção:

- tosse aguda;

- febre;

- anorexia;

- apatia;

- secreção nasal;

- dor quando palpado na região submandibular;

- extensão do pescoço devido à dor na região da laringe e faringe;

- dificuldades para respirar pela pressão dos linfonodos aumentados de tamanho.

Técnicas de diagnóstico e tratamento

O diagnóstico do garrotilho é realizado através da avaliação do quadro clínico do animal e os sinais apresentados.

É feita a drenagem dos abcessos e ministração de medicamentos antibacterianos, além do controle das infecções e da febre, bem como uma suplementação alimentar.

Podemos contar também com a avaliação do material nasal, avaliado em laboratório para determinação da bactéria.

Prevenção do garrotilho equino

Para garantir a qualidade de vida do equino é essencial priorizar o manejo correto relacionado a algumas técnicas:

- higienização dos locais onde o animal vive;

- limpeza dos objetos presentes no ambiente (bebedouros e comedouros);

- evitar locais aglomerados com outros animais que já tiveram indícios da doença.

Desse modo estará inibindo a presença do microrganismo causador e minimizando a incidência de um surto da infecção.

Quer ficar por dentro de mais enfermidades em equinos?

Então não deixe conferir nosso portal: Portal Escola do Cavalo

Lá você irá encontrar diversos assuntos sobre o mundo equino.

E se você já conhece afundo muitas das enfermidades equinas e tem interesse em garantir a saúde do animal, nós trouxemos uma oportunidade que irá ampliar ainda mais seu conhecimento.

Dê uma rápida conferida: Cuidados com equinos a campo

Administração de haras

Áreas

Artigos

Clínica e Saúde

Curiosidades

Destaque

Doma

Notícias

Nutrição

Parceiros

Pastagens

Produção

Raças

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.