Aumente seu conhecimento no mundo equestre

Junte-se a milhares de apaixonados por cavalos. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Principais Diferenças entre Marcha Batida e Marcha Picada.

Marcha Batida e Marcha Picada são modalidades de andamentos com deslocamentos diferentes dos animais. Veja nesse artigo as principais diferenças entre elas.

Cruzamentos sucessivos entre diferente raças de equinos resultaram em várias modalidades de andamentos com deslocamentos diferenciados dos animais, intercalados entre apoios bipedais laterais, bipedais diagonais e tripedais. Tal movimentação é considerada na literatura espanhola como “passo” e na brasileira como “marcha”.

Ao contrário do trote, durante a marcha, os cavalos estão constantemente em contato com o chão, mantendo sempre dois ou três membros apoiados no solo. Essa característica promove uma diminuição do impacto e atrito durante sua locomoção, isto proporciona um conforto diferenciado durante a equitação ao cavaleiro. Quanto mais adequada for à distribuição dos tempos de apoios, mais confortável será o andamento.

Qual diferença da marcha batida e a marcha picada?

A marcha apresenta duas variedades: a marcha batida e a marcha picada e a principal diferença entre elas é o fato de ocorrerem em cima dos tempos em que o animal permanece em cada um dos apoios, dependendo da maior ou menor dissociação.

Marcha Batida

Na marcha batida, os apoios diagonais são bem maiores do que a dos apoios laterais e tríplices. Os dois últimos acontecem somente nos momentos de troca de apoios durante o deslocamento, ocorrendo em frações de segundos, sendo praticamente imperceptíveis.

Marcha Picada

Já na marcha picada, a ocorrência de apoios laterais e tríplices são maiores que na marcha batida. Desta forma, a permanência nos apoios laterais não ultrapassa os tempos de apoios diagonais. Ela tem a mesma sequência de apoios da batida, mas com uma maior dissociação, que ocasiona na diferença de permanência nos tempos de apoio.

Cuidados com a marcha do equino

Não importa qual seja a marcha, existe um problema muito comum causada pela dificuldade em casquear o cavalo e isto afeta diretamente seu desempenho e o bem-estar.

Essa condição é a claudicação, popularmente conhecida como manqueira. Você pode saber mais sobre ela clicando aqui.

Médico veterinário, você pro acaso já atendeu algum caso de claudicação?

Separamos algumas dicas que irão te ajudar no diagnóstico da claudicação em equinos.

Como realizar o diagnóstico de Claudicação em Equinos

Fonte: Brasilian Saddle Horse

Destaque

Esporte equestre

Notícias

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.