Aumente seu conhecimento no mundo equestre

Junte-se a milhares de apaixonados por cavalos. Receba gratuitamente nossas dicas para o seu sucesso.



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Dicas de como controlar a presença de parasitas em equinos

A presença de parasitas internos ou externos nas criações de equinos vem sendo um problema cada vez mais comum.

Inegavelmente, os parasitas trazem sérios prejuízos econômicos aos produtores. As doenças que são transmitidas através da picada afetam de forma rápida o desempenho e compromete a saúde do animal.

Por estarem presentes muitas vezes no mesmo ambiente que os parasitas, os cavalos podem ser acometidos facilmente, se não tomadas às medidas de manejo e controle, para que não ocorra a contaminação.

Principais parasitas

Parasitas Externos: Os carrapatos são os parasitas externos mais conhecidos, sendo que além de sugarem o sangue do animal, diminuem sua produtividade e trazem outras doenças, como a babesiose.

Parasitas internos: Existem dois tipos de parasitas internos, os pulmonares e os intestinais. Os pulmonares causam lesões nos vasos sanguíneos através das suas migrações e provocam sérios danos no pulmão. Já os parasitas intestinais geram problemas como a cólica, retardo no crescimento, debilidade crônica e amplia a predisposição à infecções.

Danos causados por parasitas

A falta de prevenção e tratamento adequado dessas parasitoses causam múltiplos danos, como por exemplo:

- Obstrução intestinal

- Perda de apetite

- Reações alérgicas

- Perda de sangue

- Anorexia

Diagnóstico e tratamento

Para diagnosticar com precisão a patologia é necessária a realização do exame coproparasitológico, será ele que irá determinar o grau de infestação. Posteriormente, o tratamento será determinado pelo médico veterinário, que administrará os medicamentos mais adequados.

Técnicas de controle e prevenção

Procedimentos de manejo correto dos carrapaticidas, não só no cavalo, mas também no ambiente são fundamentais para o controle desses parasitas externos. Semelhantemente, o controle sanitário do ambiente e do rebanho, juntamente com os cuidados com o pasto, dificulta a proliferação de larvas e vermes (parasitas internos).

É importante lembrar que a alimentação adequada e outras condições associadas ao bem-estar animal darão imunidade diante desse problema e outras enfermidades.

Acidentes e patologias como essas podem acometer os cavalos a qualquer instante, e você está preparado para socorrê-los caso alguma emergência ocorra?

Clique no link abaixo e veja como estar preparado para qualquer situação emergencial:

Primeiros Socorros em Equinos

Fonte: Por Fora das Pistas

Clínica e Saúde

Cursos

Destaque

Notícias

Parceiros

Pastagens

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.