30% de desconto em Cursos Online de Criação de Cavalos
Aumente seu conhecimento no mundo equestre


Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Saúde começa pela boca: Odontologia equina!

A odontologia equina é uma importante área da prática clínica que está em ascensão e traz muitos benefícios para equideocultura. Isso, porque influencia no bem-estar-animal e melhora o desempenho dos cavalo em diversas áreas. O foco principal está nas alterações que podem surgir na cavidade oral do animal. Buscando identificar e resolvê-las. 

Os equinos passam boa parte do dia se alimentando, são cerca de 18 horas. Para que os alimentos sejam bem aproveitados pelo organismo, é fundamental que eles cheguem ao trato digestivo bem triturados. Porém, é comum ver proprietários relatando sobre a dificuldade do animal em se alimentar, ou mesmo que o alimento cai da boca.

Quando passam por este problema, as consequências são a queda no peso e desempenho. Principalmente em cavalos que são reprodutores ou atletas. A saúde bucal do animal precisa ser levada a sério, representa 10% dos atendimentos em equinos  e o médico veterinário precisa estar bem capacitado para realizar o diagnóstico e tratamento das doenças odontológicas.

Ao longo deste artigo, reunimos informações importantes que vão te ajudar a compreender mais sobre este assunto. Fique com a gente até o final e boa leitura!

Problemas dentários comuns em equinos

A odontologia equina teve sua origem a partir das mudanças que foram surgindo na alimentação. Os animais que antes consumiam basicamente folhagens, passam a se alimentar de concentrados que modificam significativamente a forma de mastigação dos mesmos. A mandíbula passa a executar movimentos mais verticais e menos movimentos laterais.

Essas mudanças favoreceram o surgimento de  alterações na dentição dos animais que podem provocar danos como os citados a seguir:

  • Infecções;

  • Fraturas nos dentes;

  • Ponta de esmalte excessivas;

  • Má oclusão da mesa dentária;

  • Desgaste anormal nos pré-molares e molares;

  • Complicações em função dos “dentes de lobo” ou caninos.

O principal objetivo da odontologia equina é a preservação dos dentes, e a identificação das alterações odontológicas precisa passar pelo olhar atento do clínico. Este, precisa conhecer bem a estrutura da cavidade oral equina e os principais sinais apresentados por um animal com problemas nesta região. A inspeção dentária deve ser realizada periodicamente, com atenção especial para mobilidade da cabeça e mandíbula do animal e inspeção da cavidade oral.

Problemas dentários comuns em equinos e os sinais apresentados

As mudanças na alimentação dos animais são o principal indício de que algo não vai bem e que pode haver alguma patologia na cavidade oral. Os equinos costumam apresentar dificuldade para mastigar e engolir os alimentos. Com isso, podem parar de se alimentar repentinamente. Sendo comum haver salivação excessiva e resistência ao comando pela embocadura para virar ou parar.

Em outras situações o animal engole o alimento rapidamente, sem mastigar de forma apropriada. Por conta disso, é comum observar grandes fragmentos de forragens e grãos inteiros nas fezes. Abaixo listamos os problemas dentários mais comuns na odontologia equina. Confira:

Dente de lobo: Também conhecido como pré-molar, o dente de lobo não possui função na mastigação. Pode causar feridas na língua e bochecha dos animais e quando entram em choque com a embocadura, causam grande desconforto.

Boa parte dos cavalos possuem “dente de lobo” e a extração deve ser feita pelo médico veterinário por meio de equipamentos adequados.

Cauda de andorinha: Trata-se de uma aresta que se forma no canto incisivo da arcada dentária. Tem como causa o desgaste na parte mais central do dente. Assim, o mesmo fica com formato mais “pontudo” na lateral. Os animais passam a ter dificuldade para mastigar os alimentos e com isso pode ocorrer as temidas cólicas. O ideal é complementar a alimentação ou mesmo buscar por outras alternativas.

Ganchos: Assim como em seres humanos, os dentes alinhados também podem causar problemas nos animais. Quando os pré-molares e molares estão desalinhados formam-se os ganchos. Dependendo do tamanho, eles podem penetrar no céu da boca dos equinos.

Atuação dos profissionais da odontologia equina

Dentro da medicina veterinária a odontologia vem ganhando cada vez mais espaço no mercado. As desordens orais são responsáveis por 10% dos atendimentos em equinos. E como vimos, elas podem apresentar diferentes problemas na dentição. E é nestes casos que o veterinário entra em ação. Com a ajuda do proprietário, o profissional irá observar com frequência o comportamento do animal na hora de se alimentar e verificar se ocorre:

  • Apreensão e corte do capim por meio dos dentes incisivos;

  • Movimento correto durante a mastigação;

  • Queda dos alimentos colocados na boca.

Além de verificar estes detalhes é importante realizar a avaliação visual dos dentes do animal e o exame por palpação. Uma avaliação bem feita consiste na escolha do tratamento adequado. Assim, é fundamental que o profissional esteja muito bem capacitado e conheça os equipamento utilizados.

Viu só como a área de odontologia equina é importante e possui vasto campo de atuação? Se você é médico veterinário e quer aprender de forma prática e objetiva a avaliar e diagnosticar as desordens orais mais comuns em equinos, temos uma ótima notícia. No curso de odontologia em equinos do nosso parceiro CPT Cursos Presenciais você aprenderá técnicas importantes para o seu destaque profissional.

Ficou interessado? Clique no banner abaixo e confira mais informações!  

Fonte: Blog tudo Vet, Mundo dos animais e FAMED

Artigos

Cursos

Destaque

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2020 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.