II Profissão Veterinária
Aumente seu conhecimento no mundo equestre


Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Plantas venenosas para cavalos: conheça as mais comuns

Plantas venenosas para cavalos conheça as mais comunsAs plantas venenosas para cavalos estão presentes em grande parte das pastagens e têm se tornado um pesadelo para o animal e seu proprietário. Como esses animais têm a pastagem como parte de sua rotina, não só nutricional, mas de bem-estar, é preciso que o proprietário esteja atento à vegetação presente nas áreas de pastagem. Isso porque, é cada vez maior o número de intoxicações causadas por plantas, aparentemente, comestíveis.

Isso mesmo, essas plantas muitas vezes encontradas nas pastagens, piquetes e até mesmo presentes no feno oferecido ao cavalo no dia a dia, podem ser responsáveis por grandes malefícios à saúde, queda de desempenho e até mesmo óbito do animal. Como o sistema digestivo dos equinos é mais delicado, o animal acaba reagindo muito mal a esse tipo de enfermidade, podendo, inclusive, desenvolver as tão temidas cólicas.

Por isso, é muito importante que as pessoas envolvidas na criação dos cavalos examinem a área que o animal pasta, e saibam identificar as plantas venenosas mais comuns. Continue a leitura e saiba quais são elas!

Plantas venenosas para cavalos mais comuns

Diante do cenário que construímos, é importante que os responsáveis pelo cuidado dos cavalos estejam preparados para lidar com esse tipo de questão. Assim, num primeiro momento, vale a pena conhecer quais são as plantas venenosas para cavalos mais comuns, para que seja possível eliminá-las das pastagens.

As plantas que causam intoxicação em cavalos mais comuns são:

  • Lantana spp, que é popularmente conhecida como chumbinho, camará, cambará ou margaridinha, é bastante distribuída no território nacional. Por ser a primeira planta a brotar no período das primeiras chuvas, em um período de escassez de pastagens, sua ingestão é comum, causando intoxicações;

  • Conium maculatum popularmente conhecida como cicuta. Da família Apiaceae, a planta era usada na antiguidade para extração e produção de venenos;

  • Pteridium aquilinum ou samambaia, é uma planta perene, sendo tóxica tanto para equinos quanto bovinos. Os cavalos só recorrem a ela quando há escassez de erva ou feno;

  • Ramaria Flavo-brunnescens são cogumelos presentes próximos às plantações de eucaliptos e causam intoxicação espontânea nos animais. Esse fungo é recorrente nas regiões sul e sudeste do país;

  • Cipó-preto é comum por apresentar resistência em épocas de seca, permanecendo verde nos pastos, assim atraindo a atenção dos animais. É uma planta comumente encontrada na região sudeste.

Contudo, apesar de serem as mais comuns, estas estão longe de serem as únicas plantas capazes de causar danos à saúde dos cavalos. Sendo assim, é importante conhecer também os principais sinais e sintomas da intoxicação, para que o animal  possa ser tratado de forma correta. 

Malefícios das plantas venenosas a saúde equina

Agora que já listamos as plantas venenosas para cavalos mais comuns, é importante conhecer os principais sintomas de intoxicação apresentados por esses animais. Assim, o responsável precisa estar atento a esses sinais, bem como ao momento em que o animal começou a apresentá-los. Dessa forma, é possível tomar medidas de cuidados para tratamento do animal doente, bem como evitar que outros cavalos comam a mesma planta venenosa.

Por isso, destacamos aqui alguns dos malefícios mais comuns de serem diagnosticados:

  • Anorexia;

  • Vômitos e diarreias;

  • Convulsões;

  • Cólicas e dor abdominal;

  • Problemas cardíacos, respiratórios e renais;

  • Perda da coordenação motora do organismo.

Cada reação apresentada vai depender muito da quantidade ou tempo que o animal está consumindo determinada planta. Vale destacar, também, que esses são os malefícios mais comuns, podendo o animal apresentar outros que não foram citados acima.

Outras formas de intoxicação em equinos

Apesar de comum, as enfermidades e perdas causadas pelas plantas venenosas para cavalos estão longe de serem a única causa de intoxicação nesses animais. Assim, podemos também citar outros tipos de intoxicação que acontecem frequentemente no campo, como: 

  • Alimentos estragados;

  • Agrotóxicos;

  • Animais peçonhentos, como cobra, escorpião;

  • Medicamentos administrados de forma errada ou em excesso ou errados;

  • Substâncias nutricionais em excesso;

  • Alimentos tóxicos, como por exemplo, pimentão,cebola, ameixas, açafrão, dentre outras.

Enfim, esses motivos desencadeadores de intoxicação ocorrem devido o contato direto com a pele, olhos, mucosas do animal ou mesmo através da sua ingestão. 

Cuidados com equinos no caso de intoxicação

O profissional, ou até mesmo o proprietário do animal, deve ter conhecimento sobre essas plantas e estar atualizado sobre os métodos que podem ser adotados em casos de intoxicação. Esse assunto pode parecer coisa simples ou uma situação improvável, mas pode ter certeza que é mais recorrente do que você imagina.

Quando identificado um, ou mais, dos sintomas listados, é importante acionar o veterinário e verificar as áreas de pastagem dos cavalos. Além disso, essas plantas podem estar presentes em outras áreas utilizadas para o manejo desses animais, portanto é essencial verificar todo o espaço para determinar esse foco.

Dessa forma, é possível prevenir acidentes e evitar, inclusive, que o animal vá a óbito. 

Você por acaso sabe quais os métodos que podem ser adotados caso seu animal ingira algumas dessas toxinas? Essa é uma situação que conta com destreza e agilidade dos envolvidos.

Então, CLIQUE AQUI e não perca tempo! Venha aprender como auxiliar o veterinário no atendimento aos equinos e esteja preparado em casos de emergência.

Fontes: Compre Rural

auxiliar de veterinário

Administração de haras

Áreas

Clínica e Saúde

Destaque

Nutrição

Pastagens

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2020 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.