Aumente seu conhecimento no mundo equestre


Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Desmama de potros: alimentação equilibrada é a chave do sucesso!

Desmama de potros alimentação equilibrada é a chave do sucesso!Para quem trabalha com cavalos, seja na criação ou na lida do campo, o desenvolvimento do animal de forma saudável é essencial para que se mantenha o bom desempenho. Sejam animais reprodutivos, atletas ou de trabalho, o bom resultado começa a ser construído desde o nascimento do potro. Por isso, a desmama de potros é uma etapa que merece atenção do responsável pelos cuidados.

Contudo, a desmama para ser bem sucedida, precisa estar atrelada a um bom manejo nutricional dos potros. Com o estabelecimento de uma alimentação equilibrada o animal jovem pode crescer, com o desenvolvido de fisiologia e saúde. 

Assim, neste artigo vamos falar de como realizar a desmama de potros, e como uma alimentação realmente balanceada é o segredo para a criação de animais de produtivos e eficientes. Confira!

Como realizar a desmama de potros?

A desmama de potros, de modo geral, acontece quando os animais chegam do sexto ao oitavo mês de vida. Nesse período, os nutrientes presentes no leite deixam de ser suficientes para que o filhote siga com seu desenvolvimento. Assim, a alimentação inicia-se com o objetivo de rebalancear os nutrientes do organismo do animal, para que ele possa voltar a se desenvolver de maneira saudável.

É importante salientar que desmamar o potro antes do sexto mês não é recomendado, já que o leite ainda oferece a nutrição adequada e o animal se desenvolve normalmente. De modo que, remover, mesmo que aos poucos, o leite da alimentação antes desse período pode causar atrasos no desenvolvimento animal e comprometer sua saúde.

Sobre o processo de desmama de potros em si, é importante que este aconteça de forma gradual, com o potro sendo afastado por certos momentos do dia da égua, aos poucos. Isso se dá, principalmente, pela necessidade de diminuir o estresse causado por esse momento já que este é o período mais traumático no desenvolvimento equino. 

Apesar de bastante recomendada, a desmama gradual nem sempre é viável para o proprietário e, por isso, outras técnicas como o cavalo padrinho podem ser adotadas. Neste modelo, o cavalo padrinho é usado como referência, sendo colocado no convívio com os potros à medida que as éguas vão sendo afastadas. 

O importante no momento da desmama de potros é estar atentado ao estresse e ao comportamento do animal. Técnicas que causam esse momento ainda mais traumático envolve separações muito abruptas, como manter o filhote fechado em baias, por exemplo. Isso não é indicado pois os danos do estresse afetam o desenvolvimento e geram prejuízos significativos para os potros.

Alimentação equilibrada é fundamental

Uma nutrição equilibrada é determinante para o desempenho e desenvolvimento de um cavalo, principalmente durante a desmama de potros. isso porque, estes animais jovens,  necessitam de uma alimentação diferenciada, com volumosos e pastagens de alta qualidade.

Durante a fase de crescimento, o animal pede que o manejo nutricional contenha alimentos capazes de suprir as necessidades de proteína, minerais, vitaminas, entre outros nutrientes fundamentais. A energia, por exemplo, pode ser obtida por meio dos grãos e forragens, sempre em quantidades menores e várias vezes ao dia, em virtude das peculiaridades estomacais destes animais. Desta maneira, será possível potencializar a conversão alimentar.

A proteína é também essencial no primeiro ano de vida do animal, muito mais do que nos anos posteriores. Ela é responsável direta pela formação dos músculos e ossos, e do seu desenvolvimento. Mesmo podendo ser encontrada em vários alimentos, como feno e grãos, é importante ter atenção quanto a sua quantidade na dieta dos cavalos.  A deficiência ou o excesso de proteínas são prejudiciais à saúde do animal. Por isso, uma alimentação equilibrada não se trata apenas da variedade de nutrientes, mas é preciso, antes de tudo, conhecer as necessidades do animal e qual a quantidade certa de cada nutriente para supri-la.

Os minerais também não podem faltar. Destaque para o cálcio e fósforo, cujos níveis satisfatórios podem ser obtidos por meio de suplementação. Importante frisar que uma suplementação equivocada pode ser prejudicial e gerar, inclusive, abortos. Já as vitaminas, por fim, podem ser encontradas em uma forragem de qualidade, mas também na suplementação.

Todos os nutrientes, enfim, devem ser fornecidos sob a orientação de um profissional da nutrição veterinária. Somente ele saberá administrar, com propriedade, as quantidades e frequências exatas do fornecimento. Contudo, cabe ao responsável pelos cuidados no animal realizar o manejo cotidiano correto, tratar da desmama de potros com a devida importância, além de se preocupar com a qualidade do alimento oferecido ao animal.

Só com ambos profissionais trabalhando de forma alinhada o desenvolvimento dos potros está garantido de forma saudável, garantindo melhor desempenho do animal no futuro e o exercício correto de suas funções.

Quer saber como realizar o manejo de potros de forma eficiente na sua propriedade? Clique aqui e aprenda do jeito certo!

Fonte: Cavalus e Rural pecuária

Administração de haras

Áreas

Artigos

Destaque

Nutrição

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado
(Campos com * são obrigatórios)

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!



Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2020 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.