Pacotão de Cursos de Reprodução Equina

Lombalgia em equinos: atenção na queda no rendimento dos animais!

Lombalgia em equinos atenção na queda no rendimento dos animais!A lombalgia em equinos é um distúrbio causado por uma desordem funcional ou estrutural na coluna vertebral dos animais. Por isso, sua ocorrência pode ser considerada congênita ou adquirida. Assim, dor lombar causada, é considerada uma das principais responsáveis pela queda no desempenho dos cavalos atletas. Além disso, vale lembrar que esse mal pode resultar em enfermidades locomotoras mais complexas, como a claudicação. 

De modo geral, as lesões que mais causam lombalgias estão relacionadas ao contato com sobreposição dos processos espinhosos. Como consequência, o animal começa a sentir muita dor e em alguns casos são acometidos por claudicações que são difíceis de serem caracterizadas. Assim como a identificação da região exata onde o animal sente as dores. Desta forma, o método de diagnóstico por imagem é um importante aliado que deve ser associado ao exame físico completo.

Faça a leitura até o final e saiba mais sobre os impactos que a lombalgia gera na indústria equina e os principais tratamentos que vêm sendo utilizados. Boa leitura! 

Sinais clínicos da lombalgia em equinos

O grande desafio no diagnóstico desse mal, está no fato de que a lombalgia em equinos não apresenta sinais clínicos específicos que ajudem a identificar a dor lombar. Porém, de maneira geral existem algumas características que, apesar de serem comuns a outros problemas, são muito reportadas nos casos de lombalgias. As principais são: 

  • Ranger de dentes;

  • Assimetria muscular;

  • Relutância em recuar;

  • Mudanças na maneira de saltar;

  • Claudicações sem alterações nos membros.

Ter em mente esses sinais, ajuda o veterinário a identificar o possível contexto da lombalgia e pode auxiliar no diagnóstico. Contudo, é importante ter em mente que o diagnóstico está além da observação de tais sinais.

Sobre o diagnóstico

Assim que identificada a presença dos sinais comuns da lombalgia em equinos, o animal precisa passar por uma análise detalhada. Desse modo, o primeiro passo é a realização do exame físico completo. Este tem como objetivo identificar os locais onde a dor está presente e, por meio dele, serão identificados os problemas que podem contribuir para ocorrência de claudicação. Para isso, a ultrassonografia e a termografia são duas técnicas importantíssimas

Além disso, investir em um histórico detalhado do animal, antes de realizar o exame físico é fator chave no diagnóstico. Isso, porque em boa parte dos casos, chega-se ao diagnóstico de dor toracolombar por meio da exclusão de outros fatores que podem levar a queda no desempenho. 

Como é feito o tratamento da lombalgia em equinos?

Infelizmente, ainda não existe tratamento exato para lombalgia em equinos. Atualmente, o que se tem é um suporte que tem como objetivo eliminar a dor e sofrimento do animal o mais rápido possível. Além disso, é preciso evitar que o paciente pratique exercícios. Isso, pois podem haver consequências negativas como atrofia muscular e perda do condicionamento físico. 

Somente um médico veterinário responsável é que pode orientar sobre o tratamento adequado. Existem alguns métodos alternativos que tem sido muito utilizados, entre eles:

  • Acupuntura;

  • Crioterapia;

  • Quiropraxia.

Com relação a acupuntura, a técnica vem sendo usada a muitos anos em animais e em seres humanos. É bastante eficaz no controle da dor, principalmente aquelas causadas por lesões. Além disso,ajuda a aliviar o estresse após grandes esforços e o estresse causado após longas viagens. 

Sabendo que o tratamento da lombalgia em equinos é avaliado de acordo com cada caso, o animal precisa passar pela avaliação de um médico veterinário. Profissional capacitado para realizar a avaliação completa. Diante de situações de emergência, você sabe fornecer os cuidados fundamentais até que o médico veterinário chegue?  

No curso de primeiros socorros em equinos do nosso parceiro CPT Presenciais, você vai aprender na prática a avaliar os principais problemas com equinos. Além disso, tomar decisões importantes que podem garantir a vida do animal. Clique aqui e confira mais informações!

Fonte: Ufersa e Pub Vet

Áreas

Clínica e Saúde

Curiosidades

Destaque

Doma

Esporte equestre

Notícias

Raças

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado.

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos para se destacar no mercado

(Campos com * são obrigatórios)

Marque suas áreas de INTERESSE. *

Conecte-se ao mundo equestre gratuitamente!

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.
Sites relacionados
Revista Agropecuária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2021 Escola do Cavalo. Todos os Direitos Reservados.